• Blog
  • Dieta Vegana x Dieta Vegetariana: entenda a diferença

Dieta Vegana x Dieta Vegetariana: entenda a diferença

Blog

Dieta Vegana x Dieta Vegetariana: entenda a diferença

Dieta Vegana x Dieta Vegetariana: entenda a diferença

Nos últimos anos, é perceptível que a alimentação também tem sido conectada ao estilo de vida e posicionamento ideológico. Nesse sentido, as dietas vegetariana e vegana, que restringem alguns alimentos, têm ganhado força. Uma pesquisa realizada pela empresa de dados e estatísticas, GlobalData, apontou que 70% de toda população do planeta está reduzindo ou eliminando a carne do cardápio. Outro estudo divulgado pela Forbes, mostra que o número de pessoas que se declararam veganas subiu 600% nos últimos 3 anos nos Estados Unidos. Os millennials – termo utilizado para se referir aos jovens nascidos entre 1980 e 1990, são os mais adeptos a esse estilo de alimentação.

Para te mostrar as principais diferenças entre as dietas veganas e vegetarianas, nós, do Blog da Evoluemed, preparamos esse conteúdo especial. Confira! 

O que é a dieta vegetariana?

Do ponto de vista nutricional, a dieta vegetariana não inclui nenhum tipo de carne (vaca, frango, peixe, carneiro, “frutos” do mar, etc), exclui, ainda, o consumo de produtos industrializados feitos de carne, como presunto, salsicha, hambúrguer, salame, atum enlatado e outros rótulos dessa categoria. De acordo com O Guia Alimentar Vegetariano, produzido pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), o estilo vegetariano de se alimentar possui diferentes formas de ser posto em prática, a inclusão ou exclusão dos produtos derivados de animais é o que determina o tipo de vegetarianismo adotado. Vamos a eles:

📌 Vegetarianismo estrito: não tem o consumo de nenhum tipo de carne, ovos, mel, laticínios e produtos que incluam derivados de animais entre os ingredientes.

📌 Lactovegetariano: os adeptos não consomem nenhum tipo de carne nem ovos, mas utilizam laticínios na alimentação.

📌 Ovovegetariano: as pessoas que não consomem nenhum tipo de carne nem laticínios, mas inclui os ovos no cardápio.

📌 Ovolactovegetariano: não está incluído no cardápio nenhum tipo de carne, mas se alimenta com ovos e laticínios.

O que é a dieta vegana?

A dieta vegana é mais restritiva e exclui o consumo animal em vários outros âmbitos, além da alimentação. É eliminado do cardápio a ingestão de qualquer tipo de carne, ovos, leite, mel e seus derivados. Além de objetos, cosméticos, peças de roupa, produtos de limpeza produzidos e testados em animais. Os adeptos a esse estilo de vida evitam, também, frequentar locais como circos, zoológicos ou parques que usam os animais para lazer ou diversão humana. 

Muitas pessoas têm adotado a dieta vegana, com o intuito de ter um estilo de vida mais consciente, saudável e sustentável. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), muitos males dos últimos séculos estão relacionados ao consumo excessivo de produtos de origem animal, como doenças cardiovasculares, diabetes e alguns tipos de câncer. Outro fato percebido com esse consumo são os problemas ambientais, como a emissão de gases do efeito estufa e o desmatamento desacelerado. 

Diferenças e semelhanças 

As principais diferenças entre as dietas é que, a vegetariana está mais ligada à restrição da alimentação, enquanto a vegana engloba um estilo de vida que restringe toda e qualquer forma de consumo animal. A semelhança desses estilos de alimentação, incluem os produtos que devem estar na mesa, que precisam exercer a mesma função: repor alguns nutrientes que estão presentes nos produtos animais e seus derivados. Nesse sentido, existem alguns grupos alimentares que podem ser consumidos para obtenção de vitaminas e nutrientes ao organismo. Veja quais:

🥜 Cereais: arroz, trigo, milho, aveia, quinoa, produtos feitos desses ingredientes como pães, massas e macarrão.

🍚 Leguminosas: variedades de feijões, grão-de-bico, soja, lentilhas, ervilhas, favas e assemelhados.

🌰 Oleaginosas: nozes, amêndoas, castanhas, pistache, macadâmia e sementes de girassol, abóbora, gergelim e linhaça.

🍠 Amiláceos: inhame, batata, cará, mandioca, batata doce e outros.

🍆 Legumes: abobrinha, chuchu, pimentão, berinjela e cogumelos.

🥬 Verduras: couve, rúcula, agrião, brócolis, mostarda, escarola, alface, taioba, algas e outros semelhantes.

🍉 Frutas: caqui, banana, manga, maçã, pêra, figo, melancia e todas as outras variedades dessa categoria.

🥫 Óleos: azeite de oliva, óleos de soja, girassol, linhaça e derivados.

Atualização profissional

Para que essas dietas e outras sejam repassadas de forma eficiente e assertiva, é fundamental a atualização profissional do nutricionista. Para oferecer o melhor atendimento e ser referência em sua área, visite a página e conheça os nossos cursos sobre dieta vegana e vegetariana.

Confira outros que você pode gostar:

4 dicas de sucesso para nutricionistas recém-formados

Por que a atualização profissional é importante para nutricionistas?

Tags:, , ,

Trackback do seu site.

Deixe um comentário