• Blog
  • Por que um dermatologista deve saber dermatoscopia?

Por que um dermatologista deve saber dermatoscopia?

Blog

Por que um dermatologista deve saber dermatoscopia?

Por que um dermatologista deve saber dermatoscopia?

Ter conhecimento em dermatoscopia, além de ser essencial para conquistar a aprovação no TED, é de extrema importância para o dia a dia do profissional dermatologista, oncologista clínico, patologista, cirurgião plástico, entre outros. Por meio das ferramentas tecnológicas que englobam esse método é possível garantir diagnósticos mais precisos e detalhados, evitar cirurgias desnecessárias e identificar lesões neoplásicas em fase precoce, o que possibilita tratamentos menos invasivos.

Neste conteúdo, nós, do Blog da Evoluemed, vamos te explicar mais detalhes sobre a importância da dermatoscopia. Continue a leitura para conferir! 

Veja também – Dermatoscopia: conheça os pontos indispensáveis para o TED com a Dra. Gisele Rezze

Qual é a importância da dermatoscopia?

Segundo artigo publicado na Sociedade Brasileira de Dermatologia – Seção Rio Grande do Sul (SBD-RS), a dermatoscopia revolucionou o diagnóstico clínico dermatológico, uma vez que permite a identificação de estruturas não visíveis a olho nu, proporciona o diagnóstico de melanoma em estágio inicial, quando ainda não seria reconhecido pela aparência clínica. Além disso, em pacientes com múltiplos sinais de pele – nevos melanocíticos, as imagens de dermatoscopia podem ser registradas e comparadas ao longo do tempo, o que permite a detecção de alterações iniciais sugestivas de malignidade e reduzir o número de biópsias desnecessárias das lesões que permanecem estáveis.

Ainda que um dos empregos principais da dermatoscopia seja no diagnóstico do câncer da pele, a aplicabilidade do método vai além: também é fundamental para a rotina profissional de cirurgiões plásticos, patologistas, clínicos gerais e cirurgiões oncológicos. 

Curso Dermatoscopia Intensivo

O nosso curso Dermatoscopia Intensivo, ministrado pela Dra. Gisele Rezze – autora do livro intitulado “Atlas de Dermatoscopia Aplicada”, é uma excelente opção para quem deseja se aprofundar no método e para os postulantes ao TED. As aulas também incluem abordagens sobre tricoscopia, vinculada à dermatoscopia, e avaliação de cabelos e couro cabeludo para diagnosticar doenças capilares.

A Dra. Gisele Rezze é especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Mestre e Doutora em Oncologia pela Fundação Antônio Prudente. Publicou mais de 20 artigos em revistas indexadas na PubMed. É expert em oncologia cutânea, dermatoscopia, mapeamento corporal total e dermatoscopia digital e microscopia confocal in vivo. Atualmente é coordenadora da Pós-Graduação Lato Sensu em OncoDermatologia no Hospital Israelita Albert Einstein.

Conheça nosso blog!

Confira outros conteúdos que podem ser do seu interesse:

Como ser um médico de sucesso? Descubra aqui!

5 vantagens de fazer um curso online para atualização profissional

 

Fonte: Artigo publicado na Sociedade Brasileira de Dermatologia – Seção Rio Grande do Sul (SBD-RS)

Tags:, , ,

Trackback do seu site.

Deixe um comentário